Idiomas

Português e Inglês

Caio Medici Madureira

Sócio

Áreas de atuação

Arbitragem, Contratos, Direito Civil e Trabalhista

Caio Medici Madureira é sócio do Tortoro, Madureira & Ragazzi Advogados desde 2012 e atua na gestão e tutela de processos dos setores bancário (banco comercial, banco de investimento e corretora de valores), indústrias de alimentos, de gases e de pneus. Além de terceiro setor e varejo. Possui ampla experiência em gestão e direção de escritórios de advocacia de grande porte, assim como na prática em due diligence, gestão de risco e provisionamento de carteiras judiciais. Caio também realiza elaboração de contratos e pareceres jurídicos. Possui expertise na área consultiva e contenciosa cível e trabalhista, com ampla participação em negociações coletivas junto aos sindicatos e demandas envolvendo o Ministério Público do Trabalho, bem como na realização de audiências e sustentações orais nas sedes dos tribunais.

Graduado em Direito na Universidade Estadual Paulista (Unesp), pós-graduado em Direito Processual Civil pela PUC/SP-COGEAE, é especialista em Direito Empresarial pela Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV/SP). Caio também foi reconhecido pelo Anuário Análise Advocacia 500 como um dos advogados mais admirados do Brasil na área de Direito do Consumidor e no segmento de Alimentos; Bancário; de Materiais de Construção e Decoração.

FORMAÇÃO ACADÊMICA

2009 – Pós-Graduação em Direito Empresarial – Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas- (FGV/SP)
2007 – Pós-Graduação em Direito Processual Civil -COGEAE- Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP)
2004 – Graduação – Universidade Estadual Paulista (UNESP/SP)

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

ATUAÇÃO EM ENTIDADES
Ex membro do WTC Business Club – World Trade Center São Paulo

 PUBLICAÇÕES
Valor Econômico, 24/4/2019. “Banco consegue cancelar pagamento de condenação por terceirização ilegal”. Link
Valor Pro, 10/7/2019. “Queda da MP 873 impede o desconto nas folhas de pagamento de contribuições sindicais”
Folha de S. Paulo, 24/7/2019. “Guedes diz que FGTS será liberado todos os anos e confirma total de R$ 42 bi até 2020”. Link
Valor Econômico, 20/8/2019. “Justiça do Trabalho anula acordos e condenações por terceirização ilegal”. Link